As mulheres que constroem

Desde sua fundação a That sempre acreditou na importância de focar seu trabalho na figura humana, e por isso a equipe sempre teve o desejo de se engajar em uma causa nobre e ajudar pessoas de uma forma que transcendesse o design. Foi então que fomos apresentados ao Mulher em Construção, uma iniciativa de muita luta e orgulho idealiazada pela nossa querida e estimada Bia Kern em 2006, que nos encantou muito. Por sermos um escritório de Arquitetura e de Design nos apaixonamos desde o início por esse projeto inovador que insere mulheres no mercado da construção civil, um ramo de trabalho tradicionalmente masculino.  Com o objetivo de promover a autonomia feminina,da cidadania e da valorização da mulher socioeconomicamente – além do combate a viôlencia no lar- a iniciativa vem tendo excelentes resultados junto a iniciativa público e privada no setor construtivo. A ONG já ofereceu 11 oficinas de pequenos reparos e 5 cursos, capacitando mais de 3860 mulheres nas especialidades de pedreiras, pintoras, azulejistas, ceramistas, eletricista e hidráulica. Desenvolvidos  por profissionais ativos na área, os cursos são desenvolvidos in loco, usando  práticas pedagógicas Freirianas focadas no diálogo entre professores/as e alunas, tolerância e respeito das diferenças individuais, e desenvolvimento de consciência social crítica. Desde então, a ONG vem disseminando sua metodologia em cursos de formação profissional para mulheres em parceria com organizações do primeiro, segundo e terceiro setores interessados em promover abertura de espaços para a inserção da mulher na construção civil. Os treinamentos incluem leitura e interpretação de planta baixa, empreendedorismo e cooperativismo; e desenvolvimento de pensamento critico com relação a sexualidade, autoestima, relações interpessoais em local de trabalho. E lá vão elas com seus capacetes rosas, cheias de esperança e extremamente detalhistas, carregando a marca e a identidade visual desenvolvidas pela That com muito carinho e respeito para essas guerreiras que são donas de casa, mães, esposas e construtoras. Um belo futuro aguarda essas mulheres que estão sendo vistas com belos olhos por um setor que busca profissionais mais dedicados e comprometidos com o resultado final da obra.  Vida longa às mulheres na constução civíl, afinal não existe pessoa mais comprometida do que uma mãe.

Publicado em08/05/2014 emBranding, Consultoria, Não categorizado

Compartilhe

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Back to Top